Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

caraças: é por a malta ser socialista que não pode gostar da #pl118

Com tantos argumentos (muitos muito certos, outros simplesmente parvos), não há ninguém que diga que aumentar os custos para o consumidor dos suportes das actividades intelectuais é negar o acesso ao conhecimento a quem tem menos recursos?

 

Que isto não é preciso inventar a roda; é preciso é socialismo. O problema dos autores é o mesmo do dos agricultores: a formação dos preços em que ganham todos menos quem produz. Pôr a malta a pagar uma taxa sobre as canecas, para o Belmiro poder continuar a roubar os produtores de leite, não resolve a vida à gente.

 

(isto não está nada mal escrito)

 

 

[corrigido o link da petição e clarificado o título]

publicado por Catarina Martins às 12:54
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Marcos Marado a 6 de Fevereiro de 2012 às 14:23
Olá Catarina, só uma pequena nota:

A petição que linka neste artigo é antiga e já não está a ser usada, por conter vários problemas (entre os quais, o facto de não recolher o número de BI do signatário).

Está a decorrer uma nova petição, com essa e outras correcções, em http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=pl118nao (e que em sete dias recolheu mais de 6700 assinaturas).

Se pudesse actualizar o link no artigo, agradece-se ;-)

Cumprimentos,
--
Marcos Marado
De Catarina Martins a 6 de Fevereiro de 2012 às 14:39
corrigido.

Comentar post

.autores

.pesquisar

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ainda há esperança?

. Da vergonha alheia

. Vamos a Belém - 25 de Mai...

. Carta a Amélia

. Demissão já

. O PS tem problemas em faz...

. Hasta Siempre Comandante

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds