Terça-feira, 10 de Abril de 2012

Paneleirices

Há textos que ferem o orgulho machista de um gajo, este do Saraiva é um deles:

À minha frente, no elevador, está um rapaz dos seus 16 ou 17 anos. Pelo modo como coloca os pés no chão, cruza as mãos uma sobre a outra e inclina ligeiramente a cabeça, percebo que é gay.

Ao olhar esse jovem que ia à minha frente no elevador, pensei: será que há 20 anos ou 30 anos ele teria a mesma atitude, assumiria tão ostensivamente a sua inclinação? E, indo mais longe, se ele tivesse sido jovem nessa altura seria gay?

Ao observar aquele rapaz tive a percepção clara de que a sua forma de estar, assumindo tão evidentemente a homossexualidade, correspondia a uma atitude de revolta.

Mas olhando para aquele adolescente que ia à minha frente no elevador da FNAC, percebi que era isso que o movia quando fazia uma pose ostensivamente feminina. Ele dizia aos companheiros de elevador: «Eu sou diferente, eu não sou como vocês, eu recuso esta sociedade hipócrita, eu assumo-me».


Um gajo que fica a mirar um puto num elevador e vai para casa escrever um texto destes é um rebarbado, aliás é um velho porco do mesmo tipo daqueles senhores com um ar muito composto que mal deixam os filhos na escola, buzinam e mandam bocas javardas a todas as miúdas que passam dos 8 aos 88 anos. Quase que se consegue sentir o ódio que só a rejeição a um amor não correspondido alimenta. A maneira deliciada e gulosa como o Saraiva descreve o puto e toda a envolvente da "cena gay" que imagina, é totalmente fetichista.
Se fosse o meu puto que estivesses a mirar assim, gay ou não, levavas duas lamparinas para não te pores com ideias.
Por momentos pensei que estava a ler um conto erótico, ou uma espécie de Lolita com uma prosa que nem aos calcanhares da antiga Gina chega. Tive de parar porque a minha alma conservadora não se coaduna com este tipo de paneleirice. São gajos como tu Saraiva que vão levar a que qualquer dia haja uma "Slut Walk" versão gay.

O puto não se vestiu para ti, não colocou os pés no chão, nem cruzou as mãos uma sobre a outra e inclinou ligeiramente a cabeça para ti. O puto provavelmente nem sequer olhou para ti, confessa lá que foi essa rejeição que te fez escrever este texto ressabiado.
Como dizia um professor meu daqueles engenheiros machões a sério:
 

"Um arquitecto é um gajo que não é o homem o suficiente para ser engenheiro, nem maricas o suficiente para ser decorador de interiores."  

Os aquirtectos que não me levem a mal mas o Saraiva encaixa bem nesta definição.

 

publicado por Francisco da Silva às 00:44
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De João Oliveira a 10 de Abril de 2012 às 02:19
Tanto quanto sabemos pode até mesmo ter aberto o iPad em pleno elevador da FNAC e ter começado a escrever ali mesmo.
De Adamastásio a 11 de Abril de 2012 às 12:32
Por acaso até acho que o saraiva é mesmo arquitecto. E, na volta, até faz decoração de interiores nas horas vagas.
De Pedro a 26 de Abril de 2012 às 04:01
Por acaso o José António Saraiva dedica 3 linhas a descrever o rapaz, enquanto o comentário dedica bem mais a descrever a descrição, e com adjetivos bem mais picantes. Não percebo como é que é possível fazerem interpretações tão desfasadas, mas percebo que só pode ser por falta de interesse em compreender o texto. Fiquei todavia sem perceber se o Francisco é homofóbico e se opõe a tudo o que é "paneleirice", ou se é um libertário confuso.

Comentar post

.autores

.pesquisar

.posts recentes

. Ainda há esperança?

. Da vergonha alheia

. Vamos a Belém - 25 de Mai...

. Carta a Amélia

. Demissão já

. O PS tem problemas em faz...

. Hasta Siempre Comandante

.arquivos

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds