Terça-feira, 10 de Julho de 2012

Realmente é notável

"Em termos gerais, podemos dizer que o programa de ajustamento (português) decorre como o previsto, apesar das enormes dificuldades relacionadas com a conjuntura internacional. É verdade que o que temos visto em Portugal em termos de implementação é notável", declarou aos jornalistas Praet, membro do Comité Executivo do Banco Central Europeu (BCE), após uma conferência em Lisboa.

É notável a taxa de desemprego, a miséria, o desmantelamento peça por peça de tudo o que é serviço público. São notáveis os baixos salários, os cortes anti-constitucionais... Vivemos uma época em que o estado serve de capataz dos mercados, fornecendo bestas de carga. 

Há uns tempos dizia Relvas, numa conferência organizada pelo ISCSP, que "o governo realizou uma grande revolução a nível cultural: há um ano atrás nenhum jovem estaria disposto a trabalhar pelas condições que aceita hoje." Estou a citar de cor, mas as palavras não andaram muito longe disto.

Depois dessa frase levantei-me e saí. A outra opção seria dar com uma cadeira na cabeça do Relvas. Por muita tolerância que uma pessoa tenha, há limites. Esta gente está a criar um modelo miserabilista e ainda se dá ao luxo de gozar com isso. 

 

Quanto tempo mais vão continuar a baixar a cabeça e a embarcar na conversa do "estamos todos juntos nesta causa de salvar Portugal da dívida"?

Realmente o que temos visto em Portugal é notável, sinceramente, é mesmo digno de nota. Um povo que não se cansa de ser expoliado nos seus rendimentos directos e indirectos, um povo que vê o governo vender o seu país às peças, que desiste dos seus cidadãos e que os relega à miséria.

 

Este governo não serve, e é notável que os portugueses ainda não tenham aberto os olhos para isso. Já faltou mais. 

 

 

 

 

publicado por Francisco da Silva às 00:46
link do post | comentar | favorito

.autores

.pesquisar

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Realmente é notável

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds