Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

A troika



via Adelino Domingues.
 

publicado por Francisco da Silva às 22:37
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

o regresso da escravatura

Aos Gregos é pedido hoje que baixem o valor do seu salário mínimo que é considerado demasiado elevado: cerca de 750€ que representam 25€ por dia, 3€ por hora se contarmos com 8 horas de trabalho por dia.

Em Portugal este valor é ainda mais baixo: 475€ por mês representam 16€ por dia e menos de 2€ por hora. Este é para o líder da missão da troika na Grécia um entrave à criação de emprego, pois em relação a países na mesma situação económica tem um salário mínimo demasiado elevado.

Olhando para as tarifas da EMEL verificamos que a mais elevada é cerca de 1,60€ por hora, o que fazendo as contas dá um rendimento mensal por 8 horas de trabalho de 384€ por mês (pouco menos que o salário mínimo nacional).

Se tivermos em conta que toda a gente hoje em dia trabalha mais do que as 8 horas por dia sem receber horas extraordinárias, um parquímetro da zona vermelha de Lisboa tem mais ou menos o mesmo salário que alguém que recebe o salário mínimo. No entanto o parquímetro não tem família para sustentar e todos os seus familiares estão empregados, logo sobra-lhe mais dinheiro no final do mês. O parquímetro não tem despesas de saúde (a manutenção é paga pelo patrão) nem de educação. Não paga renda apesar de morar numa zona nobre da capital, não paga transportes ou portagens, nem sequer almoça fora de casa no intervalo do seu emprego.

Concluindo, ser parquímetro é hoje uma profissão de sonho comparado com quem trabalha e ganha o salário mínimo, porque a troika quer baixar as condições de vida até que os trabalhadores europeus possam ser competitivos.

Quem sabe daqui a uns anos haverá uma deslocalização dos campos de trabalho chineses para Portugal, Grécia, Irlanda e Espanha.

Voltaremos aos saudosos tempos do Vale do Ave em que se despediam os pais para contratar os filhos menores para a indústria, tudo em nome da competitividade. É provável que a nossa indústria assim consiga criar mais empregos, aqui tenho de concordar com a máfia da troika.

No entanto proponho uma solução mais radical que conduzirá ao pleno emprego: o regresso da escravatura.

Pensem nisso.

publicado por Francisco da Silva às 12:49
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

O Mário patrocina o BPN e o Alberto João.

As minhas tardes de praia estão assombradas pelas notícias.

 

Gostava de agradecer ao Jürgen por apresentar esta preciosidade:

"O Governo vai proceder à transferência para a esfera do Estado do fundo de pensões dos bancários, de modo a cobrir despesas inesperadas de quase 600 milhões com o BPN e a Madeira."

 

A quantidade de analogias que se poderiam fazer é imensa. Certo.

Por cá, estou preocupado é com o humor de meu pai que vai adorar saber que, além de estar a pagar os favores dos governos do Cavaco a seus amigos, também andou e anda a descontar para tapar os buracos financeiros da autoria dos amigos do Cavaco. E ironia, tudo isto à mão dum boy do Cavaco.

 

Vai ser uma hora de jantar cheia de pérolas linguísticas.

publicado por Nuno Moniz às 17:50
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Convocatória da Troika

Ao que parece que os ministros deverão ser:

 

Agricultura: Sevinate Pinto;

Assuntos Parlamentares: Miguel Relvas;

Justiça: Paula Teixeira da Cruz;

Administração Interna e Defesa: Aguiar Branco;

Educação: Nuno Crato;

Negócios Estrangeiros: Paulo Portas;

Economia: Álvaro Santos Pereira;

Finanças: Vítor Gaspar;

Saúde: Miguel Macedo;

Trabalho e Segurança Social: Assunção Cristas;

Ambiente: Jorge Moreira da Silva; 

 

Espera-se pela confirmação oficial.

publicado por Francisco da Silva às 13:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.autores

.pesquisar

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A troika

. o regresso da escravatura...

. O Mário patrocina o BPN e...

. Convocatória da Troika

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds