Terça-feira, 12 de Junho de 2012

Incompetentes ou mentirosos?





Vítor Gaspar, hoje, no parlamento, disse aos portugueses: 


Desconhecer as condições em que foi feito o empréstimo de cem mil milhões de euros ao setor bancário espanhol.

 

«No quadro do Eurogrupo, não foi sequer claro qual o mecanismo europeu que será utilizado», adiantou Vítor Gaspar, que explicou que ainda é preciso «algum tempo adicional» para se saber quais os montantes, taxas e os prazos deste empréstimo.

No entanto, Passos Coelho, tinha dito que Gaspar esteve presente na reunião onde o resgate foi decidido e acordado... 

Passos Coelho referiu que o Eurogrupo analisou, no sábado, «um eventual pedido da Espanha para proceder à recapitalização da banca em Espanha» e que nessa reunião o ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, transmitiu a opinião do Governo português.

E Bruxelas sublinha ainda que Portugal aceitou as condições propostas... será que houve algum erro de tradução e Vítor Gaspar não sabia o que estava a ser decidido na reunião? Ou simplesmente, tentou ludribiar os Portugueses, como tem sido o seu estilo até agora? 

 

Bruxelas lembrou hoje que Portugal participou no Eurogrupo de Sábado, aceitou o tipo de resgate espanhol e vai ter direito de voto na aprovação do memorando espanhol, podendo contribuir para as modalidades de crédito e condições a Espanha.


A questão do empréstimo espanhol está a atrapalhar deveras o nosso governo... lendo estas notícias encontra-se mais uma pérola. Passos Coelho, acha que somos todos parvos, e após ser pressionado pela oposição, mente deliberadamente aos portugueses. 

Passamos pela vergonha de ouvir um porta-voz de Bruxelas, arrasar o primeiro-ministro do nosso país. Ora vejam:

 

Passos Coelho este fim-de-semana disse que o país estava "atento" ao "programa específico para a banca espanhola" e, "se houver alguma condição excepcional que deva ser partilhada com os outros países que estão sob assistência, não tenho dúvida de que isso acontecerá".

 

A declaração causa estranheza entre responsáveis europeus. "Não sei o que o primeiro-ministro português tinha em mente quando fez essa declaração", disse um responsável esta manhã.


Resumindo, estamos entregues a incompetentes ou a mentirosos. Ainda não consegui perceber bem, qual das opções será a mais correcta. 

Na volta, dá-se o caso de serem tão incompetentes que nem mentir sabem...

 

 

publicado por Francisco da Silva às 20:03
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.autores

.pesquisar

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Incompetentes ou mentiros...

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds